ENTREVISTA DE HYOYEON PARA A PAPER



Seu nome é Hyoyeon, mas você pode a chamar de DJ HYO.

Membro do grupo Girls Generation, um dos girl groups definidores do pop moderno considerado
"The Nation's Girl Group" no auge de sua fama na Coréia do Sul a cantora e dançarina de 28 anos
já experimentou sucesso internacional nos últimos dez anos, que a maioria de seus colegas ídolos
do K-pop só poderia sonhar em alcançar.
Agora, com cada um dos membros do grupo concentrando-se em esforços individuais após
a comemoração do aniversário de 10 anos em 2017, a HYO optou por abrir um caminho musical
próprio, agora ela é DJ também. Enquanto a mudança de carreira pode gerar algum ceticismo,
fique tranqüilo, isso está longe de uma estrela pop colocar um par de fones de ouvido e fingir torcer
as maçanetas atrás da porta: HYO tem colocado no trabalho de treinamento como DJ e aprendendo
as técnicas para se preparar para sua estréia oficial como DJ por anos.

Com o lançamento deste mês de sua reintrodução, "Sober", é uma colaboração com o holandês
DJ Ummet Ozcan, lançada em coreano e inglês, DJ HYO confronta as expectativas que ela está
enfrentando - tanto como estrela pop estabelecida quanto como mulher - deixando claro que ela não
quer ser amarrada ... por qualquer gênero ou pessoa.

Quando se trata de fazer as coisas à sua maneira, a HYO está apenas começando.


ENTREVISTA:


A indústria da música está muito diferente dos dias da sua estreia com o Girls Generation,
desde a introdução de serviços de streaming até o tipo de música que é popular nas rádios.
Como você acha que mudou mais, da sua perspectiva como artista?
- Ao longo dos anos, com o Girls 'Generation, focamos em performances poderosas e visuais
empolgantes. O streaming de vídeo se tornou muito popular durante o meio de nossas atividades, e é
por isso que os vídeos do Girls Generation conquistaram milhões de visualizações em todo o mundo.
Desde então, diferentes tipos de serviços de streaming e plataformas influentes surgiram, então a
qualidade da música tem que ser ainda mais detalhada e de alto nível. Como eu tenho mais controle
sobre meus projetos solo, eu faço o meu melhor para criar algo que eu amo trabalhando
simultaneamente como artista, DJ e produtora.


Você apareceu no Mash Up em 2015, uma competição de DJ. Como foi essa experiência?
Isso inspirou sua transformação solo?
- Como artista performática, sempre me interessei em mixar músicas e trabalhei nisso durante meu
próprio tempo. Mash Up me ajudou a construir uma base sólida que foi muito importante, e eu fui
capaz de aprender habilidades como mixar e combinar de vários DJs no show, o que me deu um
grande impulso.


O que inspirou a decisão de gravar "Sober" em coreano e inglês?
- Eu sugeri fortemente a minha empresa que eu queria fazer uma versão em inglês. Meus fãs estão
em todo o mundo, e eu quero alcançá-los da maneira que eu puder - e a música é a melhor maneira
de alcançá-los. Minha língua nativa não é o inglês, mas eu queria ter certeza de que entendi tudo o
que eu estava comunicando aos meus fãs, então levei mais tempo para realmente entender o que
eu estava expressando através das letras.


Você pode descrever o significado por trás do videoclipe?
- O vídeo da música é sobre liberar garotas que se sentem presas e cansadas das normas. Eu queria
expressar que elas podem sair por aí, se rebelar contra as normas sociais e mostrar a todos quem
elas realmente são.


Você trabalhou com Ummet Ozcan em "Sober". Como vocês se conheceram e como foi a
experiência de colaborarção?
- Houve um grande festival na Coréia e eu tive a chance de conhecer o Ummet. Quando o conheci,
pude reproduzir uma música que fiz e começamos a discutir uma colaboração a partir daquele
momento. A parte engraçada é - obviamente Ummet não fala coreano, e eu não falo inglês! - então
foi divertido apenas trabalhar em dois idiomas diferentes. Foi definitivamente interessante, e de
alguma forma fomos capazes de colocar os pensamentos uns dos outros em ordem e sair com
"Sober".


Quando está se preparando para uma EDM debut* é diferente de se preparar para um
comeback pop? Ou é o mesmo? (*EDM: Significa Electronic Dance Music, ou seja, música
eletrônica dançante, música eletrônica no geral.)
- Além da parte técnica, estou trabalhando na composição das músicas com o teclado MIDI, que eu
sei que vai levar algum tempo. Eu cometi pequenos erros aqui e ali, e é uma experiência divertida.
Por enquanto, eu estou aprendendo enquanto eu vou, e eu quero continuamente produzir e tocar
minhas próprias músicas. Eventualmente, eu também gostaria de produzir, mixar e colaborar em
músicas de outros artistas.


Você está planejando se apresentar em algum festival de EDM? Quais músicas estarão no
set da DJ HYO?
- Se houvesse uma oportunidade, eu definitivamente gostaria de mostrar aos fãs a nova DJ HYO.
Eu acredito que estarei no Spectrum Dance Music Festival em Seul em setembro. Conforme cresço
na minha experiência, quero construir uma marca e fazer uma turnê no futuro próximo. O set da
DJ HYO incluiria muitas músicas do Girls 'Generation, porque há tantas músicas em coreano e
japonês, e este seria um bom momento para destacar músicas que não foram destacadas.


Alguma música específica?
- "Genie" e "The Boys". Conseguimos fazer várias versões diferentes de "The Boys" e foi lançado
mundialmente em vários idiomas. Há um remix da Snoop Dogg da música também, e eu quero
refazê-la no meu próprio estilo.


Você já se estabeleceu uma estrela pop. Você acha que será difícil ter sucesso na EDM?
Já teve alguma experiência negativa ao aprender DJ, ou críticas sobre a passagem do pop para
o EDM?
- Quando comecei a me envolver com o DJ, fiquei um pouco preocupada sobre como os fãs
reagiriam à transição - ou apenas para o público em geral. A maioria das pessoas provavelmente
pensa que eu não tenho muita experiência neste campo, mas eu tenho deixado dicas e postando
fotos e vídeos nas mídias sociais para mostrar esse meu lado. Agora que "Sober" foi lançada, estou
mais confiante sobre como sou retratada como DJ, e estou sempre cheia de energia, então espero
compartilhar isso com qualquer um que ouça minha música.


Tantos DJs diferentes dominam a cena do EDM. Quem são alguns dos seus favoritos de
todos os tempos? E com que outros DJs e vocalistas vocês gostariam de colaborar com
música no futuro?
- Eu amo Martin Jensen e DJ Snake. Esses são dois dos meus favoritos agora. Acho Martin Garrix
muito bonito também. [Risos] Para vocalistas, eu gostaria de colaborar com a membro do meu grupo,
Taeyeon. Além dela, eu definitivamente adoraria trabalhar com Justin Bieber, Camila Cabello e
minha favorita de todos os tempos, Britney Spears.


Há muitos DJs fazendo residências em todo o mundo, como a residência de David Guetta em
Las Vegas e a festa Foam & Diamonds de Paris Hilton em Ibiza. Você já participou de alguma
residência? Você consideraria fazer isso?
- Eu fui a Vegas e vi muitos DJs se apresentarem, mas eu não vi muitas residências. Se houvesse
uma oportunidade, eu definitivamente gostaria de experimentá-lo no futuro. Até lá, adoraria fazer
eventos e festas de marca para poder construir minha experiência como DJ.


Você recebeu algum conselho de outros DJs?
- Não havia nenhum DJ específico que me desse conselhos, mas no Mash Up, anos atrás, eles me
mostraram o básico e eu pude construir uma base sólida a partir dele. Ummet também foi um
grande produtor e eu não poderia ter feito "Sober" sem ele.


No ano passado, vimos o comeback do Girls Generation com  Holiday Night. Você pode falar
sobre qualquer coisa sobre o grupo no futuro?
- Girls Generation nunca acabou ou teve disband, então sempre podemos voltar quando for a
hora certa. Pode ter um 11º aniversário, um projeto de aniversário de 12 anos ... atualmente
estamos focando em nossos projetos individuais, mas um dia, em breve, definitivamente
voltaremos aos nossos fãs. Juntas.


Alguma das garotas entrou em contato com comentários ou conselhos sobre a estreia da
DJ HYO?
- As membros não são DJ, então elas não podiam me dar conselhos. [Risos] Mas quando eu
postei "Sober" em nosso bate-papo em grupo, a resposta foi explosiva. Somos todas muito
encorajadoras, amorosas e solidárias umas com as outras.


Você tem algum conselho para os girl groups que estão chegando?
- Muitas trainees de grupos femininos treinam por anos, e uma vez que elas estrearam, é como
se um sonho se tornasse realidade. Mas quando elas encaram a realidade e vêem quão difícil a
indústria do entretenimento pode ser, elas são atingidas com novos tipos de obstáculos que elas
não imaginariam. Quero dizer-lhes para nunca perder a fé e nunca perder de vista o que é o seu
sonho. Apenas continue se esforçando e seja forte.


Sabendo o que você sabe hoje sobre a indústria da música e o sucesso em geral, quais
conselhos você se daria à você mais jovens?
- Quando estreei pela primeira vez, não havia tempo para pensar por mim mesma. Minha agenda
estava definida e tudo estava tão ocupado - era basicamente um redemoinho. Eu diria à pequena
Hyo que continuasse lendo muitos livros sobre sua prática de dança e canto. Ela nunca deve
comprometer a si mesma ou seus objetivos por nada, e sempre permanecer centrada em
situações desafiadoras.


O que devemos esperar da DJ HYO em 2018?
- "Sober" foi um ótimo começo. Eu quero manter a energia e fazer bem mais músicas, e depois
ir a festivais. Eu também gostaria de fazer uma turnê, ou pelo menos visitar outros países, para
que eu possa compartilhar minha música com os fãs que eu amo.





ft. | Papermag
tr-pt. | GG Brasil - não retirar sem os devidos créditos

Nenhum comentário:

Postar um comentário